quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Que Rumo?

Que rumo devemos tomar ?
As vezes tá ruim de seguir,
Não há nada a guiar,
E toda vontade é sumir.

Sem ter mais o que fazer,
Sem ter mais por onde ir,
E toda vontade é deitar,
E deixar a vida sair.

A dose foi muito elevada,
O corpo não quer prosseguir.
Aí meu amigo se manca,
E não se deixe seduzir.

O amor se perdeu,
Se foi todo o sentido.
Só mesmo Deus,
Prá ajudar este perdido.

Não há mais razão.
Não há forças prá lutar.
Não há mais solução.
É hora de se calar.

Mas como tudo na vida
não é para sempre,
deixa fechar a ferida
e tentemos ser de novo contente.

Nenhum comentário: