terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Marcas

Tentei me segurar,
represar minhas palavras,
tentar contê-las
de todas as formas,
para que não mais te magoe
as minhas angústias,
e não consegui.
Só consegui
inundar meu corpo,
transbordar meus sentimentos,
deixar escorrer pelo chão
o que sinto.
Agora, os que passam,
pisam sobre minhas palavras
e sobre meus sentimentos,
cada um levando
um pouquinho deles
na sola dos seus sapatos,
espalhando-os
em todas as direções,
menos na sua.

3 comentários:

Eliana Pessoa disse...

Querido amigo,
vc está apaixonado!
vc escreve com muito sentimento
adoro ler seu blog!
beijo Té +.

Wanderley Elian Lima disse...

Older, a gente não consegue esconder sentimentos, mas ser transparente tem os seus risco. Vale a pena corrê-los.
Abração

Tatinha disse...

Extravasar sentimentos é necessário.
Represá-los jamais!
Um cheiro poeta querido.