quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Talvez


Você até me perdoaria,
Se eu pudesse me explicar.
Talvez, quem sabe algum dia,
Quando a gente se encontrar.

Te falaria dos encantos,
Ou até sem te falar.
Contaria no entanto,
Como é bom só te olhar.

Você ate me entenderia,
Se eu pudesse te beijar.
Meu rosto no teu encostaria,
E deixaria a emoção sobrar.

Voltaríamos no tempo,
Como se nada tivesse acontecido.
Seria só por um momento,
para não ser nunca esquecido.

Deixaria você no peito,
e esqueceria a solidão.
Voltaria a ser perfeito,
E não mais um na multidão.

Talvez, quem sabe, um dia,
Isto possa acontecer.
Viver esta nova fantasia,
Um dia antes de morrer.

Um comentário:

brisonmattos disse...

se foi vc que escolheu assim, assim TERMINADO está.