quinta-feira, 4 de julho de 2013

Aceitando






Eu aceitei o conselho
De olhar de novo a vida
Afinal ela é só um espelho
Um ponto de partida

A bagagem que se leva
Não deve ser pesada
Senão se vive na treva
Com corrente atrelada

Se deixe pelo vento levar
Sem prestar muito atenção
Passe a amar, muito amar
Preencha o coração

Não esqueça das tristezas
Elas serão seus castigos
Aprenda que a nobreza
É viver no paraíso

O paraíso é lá dentro
Daquilo que tens no peito
Mais ou menos no centro
No peito de todo sujeito

Deixe ele pular
De muita alegria
Deixe ele cantar
Mesmo na nostalgia

Nunca deixe que cale
este órgão precioso
ele é quem muito vale
muito mais que o corajoso

Nenhum comentário: