terça-feira, 29 de maio de 2012

Oi

Diz de você,
Fala pra mim.
Deixa eu saber,
O que tem de ruim?

Não desconversa,
Vai se abrindo.
Eu falo no verso,
Como estou indo.

O que você fez?
Como está tudo?
Só desta vez,
Não fique mudo.

Estão melhor?
E as coisas da vida?
O que for de pior,
Deixe na rua perdida.

Eu estou bem,
Melhor de saúde.
Como convém,
Deus me conduze.

Então estou indo,
Tudo de bom.
Que teu dia seja lindo,
Como som de bandoneón.

Ouças um tango,
Ou uma música agitada.
Sigas amando,
Até alta madrugada.

A vida, viver,
É o que se quer.
Não se deixe abater,
Por uma coisa qualquer.

Você é forte,
E sempre será.
Toda a sorte
Vai te ajudar.

Um abraço,
Ou quem sabe um beijo
É o que faço.
É o que desejo.

Um comentário:

brisonmattos disse...

oi,
tb o faço
um bom conselho diz
experimente da vida o tato
e assim sejas feliz