quarta-feira, 9 de maio de 2012

Fechando a Janela

Fechar a janela,
Que dá para o vazio.
Não pensar mais nela,
Que me deixou com tanto frio.

Como um fado triste,
Lamúrias em minha volta.
A saudade insiste,
Mas não se revolta.

Esquecer a paisagem,
Que havia acolá.
Pretender uma viagem,
Para longe, além mar.

Se esconder de mim,
É algo impensável.
Conviver com dor sem fim
É o mais provável.

Fechar a janela,
Não receber mais a brisa fresca.
Me isolar em Castela,
Em uma atitude animalesca.

Fechar a janela,
E passar o ferrolho.
Construir cidadela,
E secar o olho.

Um comentário:

brisonmattos disse...

lindo...muito lindo esse clip! Um bom dia prá você.