terça-feira, 18 de maio de 2010

Seja Você

Seja simplesmente você.
Mulher que cisma,
mulher que cativa.
Mulher que desmanda
e parte só, nas suas andança.

Seja sempre você.
Mulher carinhosa,
Mulher dadivosa.
Mulher amorosa
e que deixa um coração em polvorosa.

Seja ainda você.
Mulher que dança,
Mulher que balança.
Mulher de lembrança
que destrói e não descansa.

Seja mais você.
Mulher de atitude,
Mulher de amplitude.
Mulher de inquietude
e que deságua feito um açude.

Seja eternamente você.
Menina-mulher,
Mulher-menina.
Mulher que encanta
e que tanto fascina.

Seja infinitamente você....
Mulher.

5 comentários:

Ava disse...

Bom dia, Older!
Tentando retomar minhas visitas e leituras do amigos querido.
Voce sempre a derramar emoção em ua poesia...


Beijos e carinhas!

Tatinha disse...

Oieee meu poeta,
Tem dias que sou tudo isto aí, mas em compensação tem dias que sou só cisma!
Beijão

Cris disse...

Seu poema me lembrou matemática...rs

Ser singular no plural!
Complicado, né? Mas acho que somos isso. Pluralidade em uma só alma, corpo, coração.

beijos com saudade do meu sítio já

A Menina Levada disse...

Deixa todas elas pensarem que esse "Você" são elas...

Porque eu sei que essa Mulher é Ela, Aquela...que que dança, cisma, deságua, é cheia de inquietude,e cheia de amplitude faz você tremer nas bases????

É Ela, Aquela, só pode ser Ela, e ninguém mais!!!!

Wanderley Elian Lima disse...

Ser plenamente o que se é, eis o caminho da felicidade.
Um abraço