segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Doador

Para vc parar de duvidar.



Sou doador !
Nunca se esqueçam disso,
por favor.
Um dia,
quando a luz para estes olhos
não mais existir,
retirem tudo que possam,
para alguém deve servir.
Olhos, dentes, pulmão,
Pâncreas, fígado, rins.
Levem para outros corpos,
não devem estar tão ruins.
Ossos, pele,
isto também
podem tirar,
sei lá,
sempre pode se aproveitar.
Só não tirem meu coração,
Por favor, este não,
este tem dona
e lhe foi entregue
a muito tempo.
E em outro peito,
este coração sofredor,
só causaria muita dor.
O resto,
façam o que bem desejarem,
façam o que bem se quiser,
mas meu coração não,
ele sempre será desta mulher.
Embora ela não acredite,
embora ela sempre duvide.
Por mais que lhe diga,
Te Amo!

5 comentários:

Luciana P. disse...

Ah, acho que somos românticos incorrigíveis, só sabemos falar de sentimentos, emoções, sensações. Lindo este poema. Na verdade, doar, além de órgãos, tem um significado bem amplo, pois também nos doamos quando amamos algué. Se bem que essa doação é muuuuito boa.

Ah, a cirurgia é algo meio simples, espero que corra tudo bem, rsrsrs. Sou covarde, por isso comentei com o meu amigo Blue. Ele sabe de tudo.

Beijos, Older, boa semana pra ti

Simplesmente Outono disse...

Gosto de estar por aqui onde justamente por isso estou sempre que posso.
Não suma da minha estação.
Gosto do que sempre deixa registrado por lá.
Desejo uma ótima semana e obrigada de verdade pelo carinho de sempre.
Minhas folhas secas pra ti com carinho e respeito.

marisfranco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
marisfranco disse...

essa mulher deve ser uma felizarda e nem sabe com certeza!! rsrsrs

Majoli disse...

Pôxa, fiquei uns dias sem vir aqui e agora colocando em dia a leitura de suas poesias, me deparo com Doador, além das rimas deliciosas, do jeito especial de dizer cada palavra, finalizas de modo ímpar ao dizer que tudo pode ser tirado, menos o coração que já tem dona.

Lindo, lindo...amei!!!

Beijos Older, desculpe minha ausência.