quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Distancia







A distancia impede um beijo,
Reprime um abraço.
Cega um, te vejo,
Amordaça o que eu falo.

A distancia muito machuca,
E até se descompassa.
Ela é coisa meio maluca,
Do que a gente não fala.

Ela é como uma porta,
Que não a todo tempo.
Tem distancia que entorta,
Como faz o pensamento.

Mas não impede sentimento,
Não reprime a paixão.
Não cega um, só te vejo,
Não amordaça uma emoção.

Na distancia eu te quero,
Como nunca, como sempre.
Da distancia eu espero,
Encurtar tão de repente.

Nenhum comentário: