terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Recomeço

Começa um novo ano,
Novas esperanças são plantadas.
É hora de fazer novos planos,
Mesmo que não dê em nada.

É hora de avaliar,
Aquilo que não acertamos.
E mais uma vez mudar,
Como fazemos todos os anos.

Mas de novo erramos,
Em certas coisa incorrigíveis.
A desculpa é que seres humanos,
São seres sempre falíveis.

Erramos na avaliação,
De promessas sem limites.
Erramos na emoção,
De amores imprevisiveis.

A vida nos faz assim,
Só temos de aprender.
Erramos um pouquinho no fim,
Para muito se arrepender.

O que importa não é cair,
Mas como se levantar.
Voltar de novo a sorrir,
Esquecer como é chorar.

2 comentários:

Majoli disse...

Older, primeiro quero te desejar um 2012 de muita paz, saúde, alegrias, realizações e muito amor.

Quanto a sua poesia Recomeço, é a pura realidade escrita em versos.
Que possamos aprender, a cada nova queda, nos levantarmos mais fortes...e sorrir, muito, muito.
As lágrimas, se vierem, que seja na maioria das vezes de alegria, não de dor.

Beijos com muito carinho no teu coração.

Aninha disse...

Nossa Vida é um Livro e sorrir, chorar e se arrepender fazem parte dos capítulos do livro que vamos escrever nesse novo ano. Portanto, vivemos de forma que nossa história tenham mais alegrias, que tristezas.A sua vida é você quem faz. bjs Coração.