sábado, 20 de agosto de 2011

Amores

Amores são doces,
Amores são ternos.
Amores são como flores,
Amores não são eternos.

Amores são vis,
Amores são complacentes.
Amores quando não são viris,
Amores ficam doentes.

Amores são coloridos
Amores são demasiados.
Amores são um perigo,
Amores são exaltados.

Amores são como vento,
Amores são tempestades.
Amores são um alento,
Amores são cumplicidades.

Amores são agonias,
Amores são sofrimento.
Amores são alegrias,
Amores são contentamento.

Amores são de tudo um pouco,
Amores são muitas saudades.
Amores nos deixam loucos.
Amores são vidas na eternidade.

Amores vem,
Amores vão.
Amores vão além,
Amores enchem o coração.

Um comentário:

Renata Boechat disse...

Hiiii...apaixonou!!!!