sexta-feira, 17 de outubro de 2008

O Que fizeste comigo?

O que é que você fez comigo?
Que não consigo conter
a imensa vontade de te ver.
Meu coração vive
sobre pressão constante,
sobre pressão do amor.
E por isto é que escrevo
o que me dá vontade,
o que me passa pela cabeça.
Minhas mãos tímidas
não conseguem acompanhar
o ritmo intenso das palavras
brotando em meu cérebro
cada vez que penso em você.
Isto provoca uma dor não física
e que não sai de jeito nenhum.
Preciso tentar entender isto.
Preciso usar o coração
do coração.
Gostaria de arrancar meu coração do peito
e leva-lo nas mãos
para que todos possam ver
o quanto ele ama.

Nenhum comentário: