domingo, 14 de abril de 2013

Rompidos laços.


Um comentário:

brisonmattos disse...

O tempo é diferente aqui.
Não é como lá fora.
Aqui, tanta mentira existiu
Que é difícil saber o que é verdade
O ódio é tão eminente,
Que sobrepoe sobre o amor.
Nunca mais vai existir amizade
O nosso tempo de ser, passou.
Se o amor ficou...
Talvez o tempo, com o tempo, mostre.
Belíssima canção!