sábado, 24 de setembro de 2011

Hoje .....

Hoje me esqueci das tristezas,
Hoje me esqueci das lamurias,
Hoje não quero riqueza,
Hoje não possuo balburdias.

Hoje não quero solidão,
Hoje não quero amarguras.
Hoje não quero sofreguidão,
Hoje não quero rasuras.

Hoje não quero impaciência,
Hoje não quero distancia.
Hoje não quero ambivalência,
Hoje não quero discordância.

Hoje não tem emoção,
Hoje não tem inquietude.
Hoje não tem nem ação,
Hoje não tem plenitude.

Hoje tudo some,
Hoje tudo desapareceu.
Hoje sou só um sem nome,
Hoje sou só mais um que sofreu.

2 comentários:

Renata Boechat disse...

Hiiiiiii...

Majoli disse...

Que tristes versos Older.
:(

Beijos com carinho.