segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Meu Final





Inundaste meu coração de lágrimas,
Que agora tenho de secar.
Uso páginas e mais páginas,
Neste eterno lamentar.

Lamentar o amor perdido,
Arrastando pelo chão.
Um final que não pedido,
E que chegou de supetão.

Foi o fim de uma jornada,
Em uma estrada colorida.
Só me resta agora o nada,
E todo cinza de uma vida.

Apagar um sonho sonhado,
De uma entrega total.
Estar sempre ao teu lado,
Este era o meu final.

Um comentário:

brisonmattos disse...

de nada adianta a lamentação. Somo responsáveis por nossas atitudes.Poesia bela e triste...como essa canção...http://www.youtube.com/watch?v=WNIPqafd4As