sábado, 16 de fevereiro de 2013

Eu Falo





Falo muito do que foi perdido,
E da dor que isto trás.
Não falo do amor bendito,
Que me tornou incapaz.

Falo da lágrimas caídas,
E o que não se desfaz do prazer.
Não falo das palavras contidas,
Que não posso dizer a você.

Falo com muita saudade,
De um amor que não esvai.
Não falo da muita vontade,
Que em meu olhos me trai.

Falo de muitas coisas belas,
das coisas sofridas falo mais.
Não falo de umas, só dela,
Que não me deixa jamais.




i'm back, slowly. 

Um comentário:

brisonmattos disse...

ai roupi sou. ai laiki iors uordis.