terça-feira, 2 de setembro de 2008

O Melhor Amor.

Não se preocupe em correr atrás do amor da sua vida.
Você pode estar afastando-se dele para sempre.
Não se preocupe em satisfazer ao seu amor
em tudo que ele quer ou deseja.
Você pode estar anulando-se
e acabando com aquilo que você é,
e que tanto o agradou e atraiu.
Não se preocupe, e nem espere,
que o seu amor seja eterno.
Você pode não viver eternamente
para ficar com ele
ou ele para ficar com você.
Curta o seu amor aos pouquinhos,
descubra-o a cada dia,
a cada minuto,
a cada gesto,
a cada silêncio,
a cada toque,
a cada olhar.
O melhor amor,
se é que existe,
é aquele em que você faz, e fim.
Não espera retorno,
faz pelo prazer de fazer
ou pelo prazer de ter o prazer de fazer.
O melhor amor é aquele que você,
quando esta com ele junto de você,
o mundo fica estático,
todos somem,
tudo fica eterno.
Você fica criança, bobo,
não tem vergonha de fazer o que faz.
O melhor amor
é aquele que pode perpetuar segundos,
é aquele em que você não se lembra dele,
pois ele está constantemente no seu dia a dia
e você não pode esquecê-lo
para depois lembrar.
O melhor amor,
quando você encontrar,
é isto.
Pode ser em qualquer fase da sua vida,
você vai saber, e ai . . .
se der tempo ainda . . .
não o deixe escapar.

Um comentário:

Thai... disse...

Liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiindo!
Lindo e lindo!