segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Saudade







É bom ter saudade
Ter a dor da imensidão
É plantar esta vontade
Bem lá no fundo, coração

É viver um mundo de novo
É sorrir com satisfação
È se perder no meio do povo
É se achar em meio a multidão

Quando a saudade bater
Nem adianta lutar
Se deixe assim vencer
Para  não se machucar

A dor é muito doída
Quase não dá para suportar
È como acabar aos poucos com  a vida
É tentar se suicidar

Nesta hora fogem as palavras
Só resta um olho molhado
Uma saudade é como se fosse o nada
Invadindo um coração machucado

Um comentário:

brisonmattos disse...

A saudade é você estar num lugar completamente desconhecido e lindo e só lembrar duma pessoa linda e praticamente desconhecida que ficou no Brasil.