quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Quero





Quero a vida
Tolhida
Perdida
Caída

Quero sonho
Me ponho
Proponho
Risonho

Quero prazer
De ter
Te ver
Fazer

Quero amar
Gostar
Falar
Beijar

Quero querer
Quero poder
Quero te ter
Quero você

2 comentários:

brisonmattos disse...

que mesmo na dureza do viver,
a fofura esteja presente
Esse sempre foi meu querer
Te ver assim sempre contente.
E mesmo que isso seja só poesia
Pra mim é muita poesia
E é grande
Genial.

brisonmattos disse...

E estranho acordar todo dia pensando em vc que nunca vi...mas sempre esteve aqui