domingo, 22 de setembro de 2013

Verdades





Não quero só usar o teu corpo,
E largá-lo em um canto da casa.
Não quero viver como morto,
Se você só me atrapalha.

Não quero ser teu dono,
E mandar quando puder.
Não quero estar me sobrepondo,
A tudo que você quiser.

Não quero te dominar,
E te tratar sem respeito.
Não quero te maltratar,
E machucar no teu peito.

Quero o seu carinho,
Quero poder te amar.
Quero te falar baixinho,
Como é bom contigo estar.

Quero te respeitar,
Nos tratarmos como gente.
Quero só me deitar,
Ao teu lado eternamente.

Quero me estaziar,
De tudo que for seu.
Quero te entregar,
Tudo aquilo que Deus prometeu.

Quero saber te amar,
Como a uma mulher deve ser.
Quero nunca mais errar,
E se errar logo perceber.

Quero contigo viver,
Por somente a eternidade.
Quero sem perceber,
Me entregar a você de verdade.

Nenhum comentário: