terça-feira, 24 de setembro de 2013

A Mulher





Não existe linha reta,
No corpo de uma mulher.
Só uma coisa é certa,
Ela fará o que ela quiser.

Na sua pele não há seda,
Que consigo tal maciez.
Por mais que se perceba,
Você nunca terá esta tez.

Ela é altiva, independente,
Faz do mundo o que bem quer.
É um ser bem diferente,
Esta tal de uma mulher.

Por mais que lhe conheça,
Ela sempre irá surpreender.
Tem um mundo na cabeça,
E um outro faz nascer.

É muito complicado,
Querer a ela descrever.
E não a deixe de lado,
Você vai se arrepender.

Ela esperneia e faz beicinho,
Te derrubando como tolo.
E então devagarzinho,
Te enrola neste rolo.

A mulher é só surpresa,
Provocando o tempo inteiro.
Ela mantém a chama acesa,
Escolhe o homem, seu parceiro.

A mulher se veste de manto,
e devemos não entender.
Atendê-la com muito encanto,
E aproveitar deste prazer.

Um comentário:

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu amigo

Uma linda homenagem ao ser mulher...um belo momento de poesia.


Um beijinho com carinho
Sonhadora