terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Lembranças

Depois de muitos dias,
Em que vi renascer a emoção.
Fui apresentado a magia,
Encontrei o caminho do coração.

Foram momentos encantados,
De tudo a flor da pele.
De muitos beijos e abraços,
De carícias que tanto ferem.

Foram tantas as entregas,
Que esquecemos que havia um mundo.
Habitados por bestas feras,
Que quando atacam rasgam fundo.

O tempo passou correndo,
E nós íamos devagar.
E não fomos vendo,
O nosso amor se afastar.

O agora acabou,
E o vazio tudo encheu.
O tempo de fantasia findou,
E a lágrima enfim escorreu.

O amor não percebeu,
o quanto se perdia.
Quando enfim percebeu,
já não era noite, só havia dia.

Um comentário:

brisonmattos disse...

linda poesia. Assim é a vida...Cheia de começos e recomeços.