quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

É difícil sorrir

É difícil sorrir,
Quando a vida não vem.
Só se deseja partir,
Ou ir para o além.

É difícil sorrir,
Quando uma vida já era.
Não se ter onde ir,
Ou ficar só na espera.

É difícil sorrir,
Quando o amor feneceu.
É como fugir,
De quem já te esqueceu.

É difícil sorrir,
Quando só se tem o nada.
Ou então descobrir,
Que uma vida se acaba.

É difícil sorrir,
Quando não mais se vê.
É pior que involuir,
É perder de vez você.

É difícil sorrir,
Quando já se percebeu.
Que é a hora de ir,
Que você já morreu.

Um comentário:

brisonmattos disse...

amei essa poesia do não, sim, talvez.