sábado, 30 de maio de 2015

La Belle de blue






Linda como rosa,
Delicada como colibri.
Descrita em verso e prosa,
A mais linda que já vi.

Vai dançando pela rua,
Flutuando sobre o chão.
Sua beleza toda pura,
Só enxerga o coração.

Vai a bela encantada,
Espalhando alegria.
Este mundo não é nada,
Sem a bela e fantasia.

De azul vai vestida,
Como se fosse um céu.
Esta bela é minha vida,
E eu o seu ao léu.

2 comentários:

Maria Rodrigues disse...

Vestida de azul fez o poeta deixar fluir a sua bela poesia.
Bom domingo
Um abraço
Maria

Poesias de Serena disse...

Que poema lindo e delicado. Parabéns poeta...adorei!
Um abraço
Serena.