segunda-feira, 11 de abril de 2011

Deixe a vida......

Mais uma ano que se passa,
Com graça e sentimentos.
Poxa, não é para qualquer um,
É só pra quem tem o talento.

Que o Senhor maior,
Com toda sua glória e poder,
Possa dar muitos anos mais
E tão gentil ser.

Falhos, todos somos.
Briguentos, um pouco também.
Mas nada que em cinco minutos
Toda raiva seja mandada para o além.

Dedicação.....
talvez seja como defina melhor.
O coração...
É o que tem de maior.

E então vai-se levando.
Batendo e apanhando,
Sorrindo e chorando,
Sendo amada e amando.

Mais um dia,
Mais um ano,
De passo em passo
Encarando o cotidiano.

Grito, esperneio,
Xingo, desnorteio.
Disso tudo, bem no meio,,
Uma dose enorme de anseio.

“Deixe a vida me levar”,
Saio pela rua cantando.
Nada mais posso mudar,
Então vou a vida levando.

Um comentário:

Déya disse...

Belos versos..
beijos meus...