segunda-feira, 14 de outubro de 2019


Cheguei


E assim eu cheguei
Sem nada fui vindo
Não era um rei
Mas era bem-vindo

Vivi a infância
Era bom demais
Não dava importância
Ao que a vida me trás

Era natural
Nós termos amigos
A vida afinal
É só para rirmos

Mas a gente cresce
E perde o encanto
Na vida padece
Relembra do pranto

Queria crescer
Mas sendo criança
Voltar renascer
Em nova esperança.

Nenhum comentário: